Causas da diabetes durante a gravidez

A glicose, um açúcar que resulta da digestão dos alimentos, é principal alimento do corpo. Quase todas as mulheres têm algum grau de intolerância à glicose diminuída como resultado de mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez. Isso significa que o açúcar no sangue pode ser maior do que o normal, mas não alto o suficiente para ter o diabetes.

Durante a gravidez, a mãe do bebê com sua oferta de glicose, que é realizado através da placenta e é a única fonte de seu bebê de nutrição. O aumento dos níveis de determinadas hormonas feitas na placenta (órgão que liga o bebê pelo cordão umbilical para o útero) nutrientes ajudam a mudança da mãe para o feto em desenvolvimento. Outros hormônios são produzidos pela placenta para evitar que a mãe de desenvolver açúcar no sangue. Eles trabalham por parar as ações da insulina.

Ao longo da gravidez, esses hormônios leva à intolerância à glicose prejudicada progressiva (níveis mais altos de açúcar no sangue). Para tentar diminuir os níveis de açúcar no sangue, o corpo produz mais insulina para obter glicose nas células para ser utilizada como energia.

Normalmente, o pâncreas da mãe é capaz de produzir mais insulina (cerca de três vezes a quantidade normal) para superar o efeito dos hormônios da gravidez sobre os níveis de açúcar no sangue. Se, porém, o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente para superar o efeito dos hormônios aumentados durante a gravidez, os níveis de açúcar no sangue aumentará, resultando em diabetes gestacional.

Ainda não se sabe por que algumas mulheres com diabetes durante a gravidez. Vários fatores podem aumentar suas chances de desenvolver diabetes durante a gravidez. Estes incluem:
– Uma história familiar de diabetes (o seu avó, mãe ou irmã tiveram)
– Já deu à luz um bebé grande, pesando mais de 4,5 kg
– Obesidade
– Idade acima de 25 anos de idade
– Ser Africano-americanos, americanos nativos e hispânicos.