O melhor tratamento natural para o cisto ovariano

Neste artigo, discutiremos os diferentes tipos de cistos ovarianos, o que os leva a ocorrer e o tratamento natural para o cisto ovariano. Um cisto é um termo geral usado para descrever uma estrutura cheia de fluido. Os cistos ovarianos são sacos cheios de líquido que se formam nos ovários de uma mulher. Os ovários são dois pequenos órgãos em forma de feijão que fazem parte do sistema reprodutivo feminino. As mulheres têm dois ovários – um de cada lado do útero (útero). Os ovários têm duas funções principais:

  • Liberar um óvulo (ovulação) aproximadamente a cada 28 dias como parte do ciclo menstrual.
  • Libertar as hormonas sexuais femininas – estrogénio e progesterona – que desempenham um papel importante na reprodução feminina.

Os cistos ovarianos podem afetar ambos os ovários ao mesmo tempo, ou podem afetar apenas um. Algumas mulheres com cistos ovarianos não apresentam sintomas. E alguns cistos ovarianos são inofensivos, mas alguns podem apresentar desconforto. Felizmente, há tratamento natural para o cisto ovariano, sem cirurgia.

Os sintomas dos cistos ovarianos

Muitas mulheres não percebem que têm cistos ovarianos até começarem a apresentar sintomas. Depois de ter sintomas como os detalhados abaixo, você pode pedir ao seu médico um exame de ultrassonografia para confirmar que os cistos ovarianos são a causa. Os sinais comuns de cistos ovarianos são:

  • Dor abdominal baixa.
  • Dor durante o sexo.
  • Pressão na bexiga / necessidade de urinar com maior frequência.
  • inchaço.
  • indigestão.
  • Ciclos irregulares e ciclos anovulatórios (quando a ovulação não ocorre).

O que causa cistos ovarianos:

  • Ciclos menstruais irregulares.
  • Desequilíbrio hormonal.
  • Hipotireoidismo.
  • Fumar cigarros.
  • Menstruação precoce (11 anos ou menos).
  • Índice de massa corporal acima de 30.
  • O tratamento da infertilidade com gonadotrofinas foi encontrado para causar múltiplos cistos ovarianos grandes em algumas mulheres.
  • O uso de clomifeno (clomid, serophene) mostrou aumentar o risco de desenvolvimento de cistos do corpo lúteo.
  • Uso de tamoxifeno para câncer de mama.

Tipos de cistos ovarianos

Existem vários tipos de cistos ovarianos, mas os cistos funcionais são os mais comuns. Existem apenas dois tipos de cistos ovarianos funcionais – cistos foliculares e cistos do corpo lúteo. Os cistos foliculares acontecem quando o folículo do ovário não se abre para liberar um óvulo e, em vez disso, permanece fechado, cheio de líquido. Os cistos de corpo lúteo são quando o folículo liberta um óvulo, mas não o fecha e fecha depois. Outros tipos de cistos ovarianos incluem:

  • Endometriomas – esses cistos estão associados ao diagnóstico de endometriose. Eles podem crescer e se romper como cistos funcionais.
  • Síndrome do ovário policístico – isso pode causar infertilidade produzindo ciclos extremamente longos e irregulares sem ovulação. Os sintomas podem variar de mulher para mulher, mas podem incluir ganho de peso, acne, crescimento excessivo de cabelo e perda de cabelo, ansiedade e depressão.
  • Cistos dermóides – estes cistos crescem nos ovários e contêm pêlos, dentes e outras substâncias.

Qual é o tratamento natural para o cisto ovariano

Tratamento natural para cisto ovariano pode ser muito eficaz para o gerenciamento de cistos ovarianos (especialmente os cistos ovarianos funcionais). A chave para se livrar de um cisto ovariano é equalizar seus hormônios e diminuir os fatores que contribuem para o seu cisto. A exposição excessiva ao estrogênio e ao xenoestrogênio (imitadores de estrogênio) pode prejudicar a ovulação e levar à formação de cistos.

Coisas para fazer para se livrar do cisto de ovário

  • Coma apenas carnes e laticínios orgânicos: para evitar aditivos nesses produtos que possam elevar os níveis de estrogênio e promover o crescimento de cistos.
  • Use detergentes naturais: Muitos detergentes para a roupa contêm substâncias químicas xenoestrogênicas que podem penetrar na sua pele enquanto você está vestindo suas roupas.
  • Use remédios à base de plantas: essas ervas podem suportar um ciclo menstrual adequado, reduzir a dor no ovário e aumentar a circulação sanguínea nos órgãos reprodutivos. Esses remédios também apoiam a função saudável do fígado, o que ajuda na eliminação de toxinas e excesso de hormônios.

Para obter informações sobre dosagem específica, fale com um fitoterapeuta ou um naturopata que pode prescrever a quantidade certa para você. o Maca raiz ajuda o corpo na produção de progesterona. o Black cohosh raiz ajuda na regulação do ciclo menstrual e alivia a dor no ovário. o A semente de cardo de leite suporta o equilíbrio hormonal e a saúde do fígado. o Tribulus normaliza a ovulação. o Vitex (baga de árvore) regula o equilíbrio hormonal, promove a ovulação e melhora o tempo do ciclo menstrual. o Yarrow alivia a congestão pélvica e melhora o tempo do ciclo menstrual. O tratamento natural para o cisto ovariano geralmente tem resultados em 3 meses, mas só deve ser feito antes de tentar engravidar. Não use remédios à base de plantas se estiver grávida ou amamentando. A eficácia do tratamento natural é muito alta na cura de cistos ovarianos. Se você quer aprender com a experiência de uma mulher que se recuperou de um cisto ovariano com tratamento natural, clique no banner abaixo.