Tratamento de cisto no ovário com dieta

O tratamento do cisto no ovário com dieta vale a pena tentar. Uma dieta saudável e equilibrada pode ajudar a lidar com os sintomas e melhorar a saúde e o bem-estar geral. Muitas mulheres desenvolvem crescimentos, conhecidos como “cistos”, em ou em seus ovários. Esses cistos são sacos cheios de líquido (água) (mais ou menos como uma bolha). Em algumas mulheres, os cistos são completamente inofensivos, exigindo pouco ou nenhum tratamento. Esses cistos são “benignos” ou não cancerosos. Outros cistos, no entanto, podem ser cancerosos, razão pela qual um diagnóstico é extremamente importante quando se suspeita de cistos ovarianos. Cistos podem variar em tamanho. Eles são normalmente pequenos, o que significa que você pode nem saber que tem um até que um exame de rotina o capte. No entanto, alguns são grandes o suficiente para causar irregularidades menstruais ou desconforto. Os cistos ovarianos geralmente podem ser divididos em dois tipos: funcional e anormal. Cistos funcionais e anormais, são causados ​​por desequilíbrio hormonal. Se você quer que seus hormônios voltem ao equilíbrio e eliminem os cistos ovarianos, ervas e nutrição podem ajudá-lo. Portanto, o tratamento do cisto ovariano com dieta é muito bem aceito no mundo da saúde holística.

O procedimento do tratamento de cisto ovariano com dieta

A maioria das mulheres com cistos ovarianos cresce muitos pequenos cistos nos ovários. O diagnóstico e tratamento precoces podem ajudar a controlar os sintomas e evitar problemas a longo prazo. Mudar a maneira de comer pode ajudá-lo a administrar melhor os sintomas. Os sintomas são agravados pelo consumo de certos tipos de alimentos, portanto, ficar longe de farinha refinada, açúcar, laticínios e carboidratos ajuda a reduzir drasticamente o desequilíbrio de insulina e a ocorrência de sintomas associados. A substituição desses alimentos por frutas cruas, vegetais de folhas verdes e alimentos com baixo índice glicêmico ajuda a manter o valor nutricional e também ajuda na perda de peso.

A seguir estão várias coisas que você deve fazer.

  1. Aumente gradualmente a ingestão de carboidratos ricos em fibras.
  2. Enfatize alimentos com proteína magra.
  3. Inclua alimentos com ácidos graxos monoinsaturados e ômega 3.
  4. Inclua diferentes frutas e legumes.
  5. Beba no mínimo 2 litros de água.
  6. Faça exercícios regulares.

E aqui estão algumas restrições que você deve seguir.

  1. Não pule as refeições.
  2. Não faça refeições pesadas de cada vez.
  3. Evite sucos processados ​​e bebidas sujas.
  4. Evite alimentos fritos profundos.

O tratamento do cisto ovariano com dieta só vai funcionar se você fizer as coisas certas e evitar coisas que são restritas, como explicado acima.

Alimentos que você precisa consumir

O tratamento do cisto no ovário com dieta certamente deve envolver o consumo de alimentos saudáveis. Tanto quanto possível, aumentar a ingestão de alimentos que contenham esses nutrientes:

  • Indole-3-carbinol: Isso pode ajudar a eliminar o excesso de hormônios no corpo. Couves de Bruxelas, brócolis, couve-flor, couve, espinafre, couve e couve e mostarda contêm boas quantidades de indol-3-carbinol.
  • Magnésio: Este nutriente é conhecido por ajudar na redução de cãibras dolorosas associadas a cistos ovarianos. Aumente as reservas de magnésio do seu corpo comendo:

o Vegetais de folhas verdes escuras, como nabo, bok choy, beterraba e acelga. o Frutas como bananas, ameixas e abacates. o Cajus e amêndoas. o Nibs de cacau cru. o girassol e sementes de abóbora.

  • Ácidos graxos ômega-3: Alimentos ricos nessas gorduras saudáveis ​​podem ajudar a controlar as perturbações hormonais e abordar a resistência à insulina, que é frequentemente associada à síndrome do ovário policístico. Fontes notáveis ​​de ácidos graxos ômega-3 incluem sementes de linhaça, sementes de cânhamo e peixes como salmão selvagem do Alasca, arenque, cavala, anchova e sardinha.

Chá de camomila.

O chá de camomila também pode ser um bom remédio para cistos ovarianos. Seu efeito sedativo pode auxiliar na promoção do relaxamento e da redução da dor, e o calor que ela traz pode auxiliar na regulação de períodos irregulares ao estimular o fluxo sanguíneo na região pélvica e no útero.

Conclusão

Uma dieta saudável e equilibrada não deixará de lidar com o cisto ovariano e todos os seus sintomas. Muitas mulheres se recuperaram de cistos ovarianos apenas mudando sua dieta. Se você quiser saber mais sobre a dieta saudável e equilibrada para tratar cistos ovarianos e melhorar a saúde geral, clique no banner abaixo.